queimar pontes

Queimar pontes é uma arte, Entenda esse conceito e como desenvolve-lo.

 Ei, queimar pontes é um assunto que literalmente será um divisor na sua vida. E é disso que falaremos hoje. E antes de começar a te falar algumas coisas. Primeiro quero te fazer uma pergunta e depois contarei uma história que irá ilustrar todo esse artigo de hoje. E segundo, se tu quiser ouvir podcast, só descer a página que tem esse artigo em áudio.

A pergunta é: Será que você está preparado para queimar as pontes necessárias em sua vida? 

Não responda isso agora, leia o artigo até o final e depois volte para essa pergunta. Agora vamos para a história.

  • O poder de uma grande decisão

“Um general chinês tinha ido para guerra e levado consigo toda a sua tropa. No caminho para chegar ao lugar onde aconteceria o embate, todo o exército precisava atravessar uma ponte. Enquanto cruzavam a ponte,  soldados começaram a gritar que estavam em pânico com a possibilidade da derrota. Ainda assim, os soldados sabiam que se a situação saísse do controle poderiam atravessar a ponte de volta e fugir.

Ao perceber ambos os comportamentos dos soldados, o general não pensou duas vezes. Quando toda a tropa terminou de atravessá-la, ele teve de queimar pontes. Deste modo ninguém poderia recuar. Todos ficaram chocados com aquela atitude, e o general deixou clara sua postura: era vencer ou morrer. Mas eles precisavam estar lá lutando com toda a sua alma e vontade. Ou seja,  precisavam dar tudo de si, ou não haveria outra opção.” 

Essa é uma história muito famosa, dita até mesmo por Tony Robbins e que tem relação total com o que vou te falar aqui. Assim que iniciamos a nossa vida independente, começamos a encarar o mundo de uma maneira que não percebíamos antes. Ou seja, sem aquela proteção dos pais guiando o caminho, as chances de você deixar o medo dominá-lo é grande. Da mesma forma que encarar o mundão sozinho é difícil, o momento de tomada de queimar pontes também é. E é em momentos como esses que as pessoas escolhem ir pelo caminho mais confortável ao invés do certo.

 

  • Tudo o que você não pode fazer é se entregar ao medo

A história citada acima mostra muito bem o comportamento dos soldados, estavam com medo, e se algo saísse errado, fugiriam. Do mesmo modo, uma coisa que você precisa entender que se agir assim na sua vida, nada dará certo. Ou seja, você precisa realmente se entregar para realizar seus objetivos, sem medo, sem pestanejar e lutar. 

A partir do momento que você entra em um desafio com a mentalidade de que “algo dará errado”, automaticamente você já entra sendo um perdedor. Ainda mais que a vida é uma guerra e que todos os dias é necessário passar por diversas batalhas, e vencendo uma por uma, você irá vencer a guerra, irá alcançar seus objetivos, seus sonhos e tudo o que sempre sonhou. Entretanto, antes de tudo isso, será necessário queimar pontes, várias pontes, todos os dias, em todos os momentos que forem necessário, e com isso você será impedido de querer “fugir se algo sair do controle”.

 

  •  A percepção para queimar uma das pontes mais importantes da sua vida

Por um bom tempo eu estive vivendo uma vida que não era a que eu queria, eu não me sentia bem e realmente todas as minhas ações não me faziam nada bem. Então um dia eu dei um basta, eu queimei uma das maiores e mais importantes pontes da minha vida que foi a decisão de largar tudo e dedicar realmente todo o meu tempo nos meus sonhos, nos meus projetos e foi muito difícil, claro que foi e ninguém nunca te disse que seria fácil, mas foi muito gratificante. Dessa forma, hoje posso dizer que sou muito grato pela vida que eu venho levando. Eu ainda não conquistei nem 1% do que desejo. Contudo, sinto um alivio e uma felicidade tão grande por saber que estou no caminho certo. 

E é isso que eu desejo para você, quero que veja o poder de mudança que tem em suas mãos e isso depende exclusivamente de você. Eu não posso vir aqui e falar para você tomar alguma atitude, só você tem poder e sabedoria para isso. Logo, lute a sua batalha diária como se fosse a última da sua vida. Entregue-se, dê o sangue, toda sua força nisso e vai entender e sentir que todos os resultados esperados virão.

 

“Quando se queima a primeira ponte, fica mais fácil perceber quantas pontes existem pelo caminho e que ainda deverão obrigatoriamente ser queimadas. Hoje me vejo diariamente queimando pontes. Em todos os momentos que exigem decisões, pontes são queimadas.” – Erico Roch

 

E antes de terminarmos o artigo, você já leu nosso artigo sobre autorresponsabilidade? Tem relação direta com o que falamos hoje, leia, vai ajudar muito

 

Por fim, é isso! Se você gostou, deixa um feedback para gente. 

Abraço.

MAIS CONTEÚDOS INCRÍVEIS PARA VOCÊ

LEIA TAMBÉM

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email